Search
  • Lalec

Lalec encerrou 2019 próximo à marca histórica

Entidade acabou o ano passado com quase 400 crianças atendidas desde a fundação. Número foi alcançado em janeiro



Como já é tradição no Lalec, abrirmos o ano fazendo um balanço das atividades realizadas no ano anterior. Mais do que prestar contas para nossos apoiadores, parceiros e o público em geral, incluindo colaboradores, a Vara da Infância Adolescência e pais adotivos, entendemos que essa divulgação ajuda a cristalizar o trabalho desenvolvido no lar e a valorizar todo esforço envolvido no cuidado das crianças que acolhemos.


“Encerramos 2019 muito próximos de atingir uma marca históricos de acolhimentos. Para nossa alegria e orgulho, em um reconhecimento que nos orgulhamos muito, esse objetivo foi alcançado logo no início do ano”, explica Ana Maria Silva, coordenadora do Lalec, referindo-se ao fato que a entidade acolheu, em janeiro, sua 400ª criança. “Ao longo de todos esses anos, aprendemos muito, evoluímos, acertamos detalhes, melhoramos nossa infraestrutura... tudo foi feito para que possamos receber outras 400 crianças ou mais nos próximos anos”, completa.


Ainda em relação ao número de acolhimentos, o Lalec atendeu a 45 crianças em 2019. Destas 27 foram adotadas, nove retornaram às famílias biológicas e outras nove permanecem no lar. “Trabalhamos incansavelmente para aperfeiçoar o processo de socialização durante a permanência das crianças no lar, visando reduzir a tensão emocional delas ao longo do período de acolhimento. É muito trabalhoso, uma tarefa complexa que requer muito amor, carinho e atenção, mas é extremamente gratificante”, afirma Ana Maria.


Prestação de contas


Para fazer toda essa roda girar, o Lalec busca apoio de todos os lados, além é claro de desenvolver diferentes ações para levantar fundos. Parte expressiva dos recursos obtidos é direcionada para a manutenção do lar. “A verba é usada para a realização de reformas na casa, pagamento da folha de colaboradores, alimentação e escola das crianças, higiene e limpeza do lar, além de contas fixas”, explica Marcelo Anjos, diretor presidente do Lalec.


Como nos anos anteriores, o bazar continuou como principal fonte de receita. É importante notar o aumento dos recursos oriundos de doações de pessoas físicas e jurídicas, que atingiu 19% do volume total arrecadado em 2019. Veja abaixo como se dividiu a captação de verba para o funcionamento da instituição ao longo do ano passado.


Prestação de contas 2019


Fontes de captação:

  • Bazar: 53,3 % do total

  • Doações pessoas físicas e jurídicas: 19% do total

  • Nota Fiscal Paulista: 16,5% do total

  • Eventos: 6,5% do total

  • Projetos: 2,5% do total

  • Locação do espaço de eventos: 2,2% do total

“O programa da Nota Fiscal Paulista permanece como uma fonte de receita importante. Então, pedimos que as pessoas continuem direcionando seus cupons fiscais para gente nos estabelecimentos parceiros. Ao mesmo tempo, queremos aumentar o volume de locações do nosso espaço de eventos, que tem estrutura muito boa e excelente localização”, diz Anjos. “Continuamos firme e forte nosso trabalho, pensando sempre no bem-estar das crianças que acolhemos. Que venha 2020!”, finaliza.

LALEC - LAR AMOR LUZ E ESPERANÇA DA CRIANÇA